Você não é D, I, S ou C. Você é DISC!

Você é DISC - Propósito MAIOR

O estilo comportamental de uma pessoa, mais do que composto por uma tendência dominante, é composto por um equilíbrio entre todas as quatro do DISC. Não existe determinismo com o DISC. Não devemos olhar apenas para uma única posição. O relacionamento entre os diferentes perfis faz com que possamos desenvolver uma combinação e definir um […]

Como fazer uma gestão de mudança efetiva?

Como fazer uma gestão de mudança efetiva - Propósito MAIOR

A mudança é uma tentativa de aproveitar o benefício de uma oportunidade ou uma necessidade Você vai falir se não mudar seu comportamento, já falamos sobre isso na nossa área de conteúdo. Se não ficar atento vai arruinar sua família, seus colaboradores e quem mais estiver ao seu redor. O que fazer? É preciso mudar o […]

A ferramenta DISC

A Ferramenta DISC - Propósito MAIOR

Depois de ler este texto vai ficar extremamente fácil reconhecer o padrão de comportamento DISC das pessoas ao seu redor. Voltada a identificação de perfis comportamentais, a ferramenta DISC baseia-se nas quatro emoções primárias, ou tendências comportamentais primárias, definidas por Geier a partir dos estudos de Marston. A ferramenta DISC em dois pontos O modelo […]

Quem foi William Marston?

Quem foi William Marston - Propósito MAIOR

Não foi só o DISC, Marston também criou o detector de mentiras, a Mulher-Maravilha e era poligâmico. William Moulton Marston é precursor e criador da Teoria DISC. Nasceu no dia 9 de maio de 1893 em Cliftondale, Massachusetts. Estudo psicologia em Harvard, granduando-se em 1915 e, seis anos depois, tornou-se Ph. D., também em psicologia. Foi […]

Como surgiu a teoria DISC?

Como surgiu a teoria DISC?

William Marston e John Geier criaram o Sistema de Perfil Pessoal DISC em um parceria fantástica. Dedicado aos estudos do comportamento humano, William Marston publicou, em 1928, o livro Emotions of Normal People, onde mostra os fundamentos da teoria DISC.Emotions of Normal People é dedicado à descrição das emoções normais, tão comuns e fundamentais no cotidiano […]

A estrutura de QUALQUER treinamento DISC

A estrutura de qualquer treinamento DISC - Propósito MAIOR

DISC vai muito além de um simples questionário e um relatório – nem sempre – bem elaborado. Algumas empresas utilizam a metodologia para processo de recrutamento e seleção, team building (montagem de equipe), coaching, mentoria e treinamentos. Treinamentos DISC DISC pode ser utilizado em qualquer treinamento que envolva o desenvolvimento de comportamento e competências (soft […]

A Dominância no DISC

A Dominância dentro do DISC - Propósito MAIOR

Tenho falado muito sobre o DISC nas empresas, startups, reuniões, rodas de amigos etc.Explicar essa metodologia é fácil, principalmente usando exemplos. Mas nos últimos dias senti a necessidade de explanar melhor esse assunto. Vamos lá! A Dominância no DISC Dominância caracteriza-se pelo seu foco na lógica, por ser objetiva, cética e desafiante.Mostra atividade, com ritmo rápido, […]

A Influência no DISC

A Influência dentro do DISC - Propósito MAIOR

Não se trata de manipulação, mas de persuasão. Os altos I apresentam genuína preocupação com pessoas. São amigáveis, extrovertidas e estimulantes. A Influência no DISC Rapidez, audácia, dinamismo e asserção são algumas características dos altos I. Além de falantes, ativos e, também por isso, um tanto desorganizados e talvez ineficazes no que vale à determinação […]

A Estabilidade no DISC

A Estabilidade dentro do DISC - Propósito MAIOR

A tendência S é caracterizada pelo trabalho em equipe, preocupação com pessoas, cooperação e colaboração, mais do que a persuasão e a atividade. A Estabilidade no DISC São pacientes, empáticos, orientados por tarefas e pessoas, em geral, fáceis de se lidar, sempre abertos às questões e necessidades alheia. Além disso, lidam bem com procedimentos e […]

A Cautela no DISC

A Cautela dentro do DISC - Propósito MAIOR

Os altos C, apresentando características reflexivas e questionadoras, não poderiam deixar de articular uma tendência à atenção aos detalhes, dado seu ritmo moderado, seu comportamento lógico, metódico e cuidadoso e, ao mesmo tempo objetivo, cético e desafiante. Altos C podem somar muito valor a uma equipe. O alto C tende a ser um trabalhador meticuloso. […]